sexta-feira, 30 de setembro de 2011


Cesta de Cultura!!!
Hoje é dia...hoje é dia de Cesta!
Às sextas...você é convidado a abrir a nossa Cesta e a deliciar-se com tanta informação bacana sobre cultura, lazer e entretenimento.
Hoje, abrimos a Cesta que vem transbordando de informações culturais de dois nomes importantes em nossa Arte.
 Abrindo a Cesta  para falar da vida e obra do ‘poetinha’  Vinicius de Moraes, que foi diplomata, jornalista, dramaturgo, poeta e compositor.
Marcus Vinicius da Cruz e Mello Moraes , nasceu no ano de 1913, no Rio de Janeiro. Faleceu em 1980, no Rio de Janeiro.
Em 1920 compôs algumas canções, conheceu em 1930 escritores como Manuel Bandeira, Oswald de Andrade e Mário de Andrade.
Vinicius graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais; anos depois trabalhou como censor cinematográfico no Ministério da Cultura, estudou na Universidade de Oxford Literatura e Língua Inglesa; ao retornar ao Brasil, atuou como crítico de cinema em um jornal e colaborador de revista. Lançou a revista Filme, em 1947, como jornalista crítico de cinema.
Tentou a carreira diplomática, assumindo no ano de 1946, o posto de vice-cônsul em Los Angeles, onde freqüentava a casa do escritor Sergio Buarque de Holanda, passando também por Paris e Roma; foi aposentado compulsoriamente pelo Ato conhecido como AI5, durante a ditadura militar, sob a alegação de que seu comportamento boêmio o mantinha afastado de suas atribuições.
Em 1950 conhece aquele que seria um de seus maiores parceiros musicais, Tom Jobim; à esta época Vinicius deslanchava na carreira musical, onde suas composições foram gravadas por muitos artistas da época.O ‘poetinha’, apelido que lhe fora conferido pelo parceiro Tom Jobim, permaneceu bem sucedido na música anos mais tarde, com o novo parceiro, Toquinho.
Vinicius foi o principal letrista das canções da bossa nova, gênero musical derivado do samba, que trazia influências do jazz estadunidense; seu start no gênero foi com a canção ‘Chega de Saudade’, e sua parceria com Tom Jobim rendeu à dupla sucessos memoráveis, entre eles ‘Eu sei que vou te amar’,’Insensatez’ e ‘Garota de Ipanema’.
Sua obra é vasta e perpetua-se, sendo até os dias de hoje prestigiada na música brasileira. Artistas internacionais, antigos e atuais gravaram seus sucessos e a canção já mencionada ‘Garota de Ipanema’ figura entre as canções mais regravadas pelo mundo.
Ofereçemos aos leitores do Caderninho, um bom momento do ‘poetinha’:

Soneto de Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


Renato Manfredini Júnior,
Pra nós que o amamos, simplesmente Renato Russo.

Falar da importância de Renato para a cultura nacional seria desnecessário, pois poucos como ele conseguiram deixar seu registro no coração de seus fãs com tanto carisma, dignidade e respeito.  Soube separar com sabedoria o homem do artista e suas músicas até hoje nos fazem refletir sobre o mundo em que vivemos e o mundo que queremos construir para nossos filhos.

Dentre todos os cds gravados, deixou dois solos que são maravilhosos:  um em inglês com músicas mais antigas e um em italiano, divino.
Veja a discografia completa que ele nos deixou:
        

...e enquanto você lê um pouco sobre ele, ouça:
  
  
Até os seis anos de idade, Russo sempre viveu no Rio de Janeiro junto com sua família.  Nessa época teria escrito uma bela redação chamada "Casa velha, em ruínas…". Em 1967, mudou-se com sua família para Nova Iorque.  Aos nove anos, em 1969, Russo e sua família voltam para o Brasil, indo morar na casa de seu tio Sávio numa casa na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.
Em 1973 a família trocou o Rio de Janeiro por Brasília, onde passou a morar. Em 1975, aos quinze anos, Renato começou a atravessar uma das fases mais difíceis e curiosas de sua vida quando fora diagnosticado como portador da “epifisiólise” uma doença óssea.  Fez uma cirurgia para implantação de três pinos de  platina na bacia. Durante o período de tratamento Renato teria se dedicado quase que integralmente a ouvir música, iniciando sua extensa coleção de discos dos mais variados estilos.
Sua primeira banda foi o “Aborto Elétrico”, ao lado dos irmãos Fé e Flávio e do sul-africano  André Pretorius.  O grupo durou quatro anos, de 1978 a 1982, terminando por brigas entre Fê e Renato. O Aborto Elétrico foi a semente que deu origem à Legião Urbana e ao  Capital Inicial formado por Fê e Flávio, junto Loro Jones e Dinho Outro Preto.
Após o fim do Aborto Elétrico, Renato começa a compor e se apresentar sozinho, tornando-se o Trovador Solitário. A fase solo durou poucos meses, até que o cantor se juntou a Marcelo Bonfá  e Paulo Guimarães  formando a  Legião Urbana, tendo Renato como vocalista e baixista.  Suas  principais  influencias eram as bandas de post punk.
Após os primeiros shows, Eduardo Paraná e Paulo Paulista saem da Legião. A vaga de guitarrista é assumida por Ico-Ouro Preto, irmão de Dinho Ouro-Preto, que fica até o início de 1983. Seu lugar é assumido definitivamente por Dado Villa-Lobos.   A entrada de Dado consagrou a formação clássica da banda.
À frente da Legião, que contou com o baixista Renato Rocha entre 1984 e 1989, Renato Russo atingiu o auge de sua carreira como músico, sendo reconhecido como o mais importante compositor do rock brasileiro, criando uma relação com os fãs que chegava a ser messiânica.
Renato Russo morreu pesando apenas 45 quilos, em consequência de complicações causadas pela  Aids, (era  soropositivo desde 1989, mas jamais revelou publicamente sua doença).
Deixou um filho, Giuliano Manfredini, à época com apenas 7 anos de idade. O corpo de Russo foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de   Roberto Burle Marx.
No dia 22 de outubro de 1996, onze dias após a morte do cantor, Dado e Bonfá, ao lado do empresário Rafael Borges, anunciaram o fim das atividades do grupo. Estima-se que a banda tenha vendido cerca de 20 milhões de discos no país durante a vida de Renato. Mais de uma década após sua morte, a banda ainda apresenta vendagens expressivas de seus discos pelo mundo.

Desejamos à todos vocês, um Final de Semana Poético!
Equipe Caderninho.


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

  
Tá na Mesa,
Com a Cacá
Oi!Que bom que você veio nos visitar!
 Hoje a receita nos remete à uma tarde tranquila, em casa, esparramados no sofá...assistindo a um filme e saboreando uma  "tranqueirinha" aqui, outra acolá...
Goiabinha!!! 


O biscoitinho  que  também  é  conhecido  por outros nomes como 'beliscão', é a  receita  de  hoje.

Super fácil e rápida, você só vai precisar de 2 xícaras (de chá) de farinha de trigo, 3 colheres (de sopa) de leite, que pode ser substituído por iogurte natural, 3 colheres ( de sopa) de açúcar e goiabada para o recheio.

Fácil?

Agora começamos a misturar em um recipiente a farinha de trigo com o açúcar e o leite ou iogurte, assim que a massa estiver em ponto de  não desgrudar das mãos, abra com o auxílio de um rolo (não tem rolo? vai de copo, redondo!)e faça quadrados pequenos...coloque um pedacinho de goiabada em cada quadradinho e feche, unindo as pontinhas laterais.
Assar em forno médio pré aquecido,por mais ou menos 20 minutos...já sabem: dependendo da potência do seu forno!

Você vai adorar!

Tá na Mesa, com a Cacá: às terças, ou quando precisarem, como hoje ...dando aquela força para você  entrar na cozinha sem medo!







quarta-feira, 28 de setembro de 2011


DICAS DA MARI


 A PRIMAVERA chegou !!!!

Então vamos falar de FLORES !!!
È a época mais linda do ano ! 
Os jardins  se enchem de cores e perfumes dos lírios, azaléias, ipês, rosas, hortências , etc.
Vamos levá-las para dentro de nossas casas também !
 As plantas e flores, trazem boas energias e mudam a vibração de qualquer ambiente !

Para um buquê de flores durar mais ...

* troque a água do vaso ,dia sim, dia não .

* a cada troca de água, lave bem o vaso com sabão ou detergente, para que as bactérias antigas não contaminem a água nova .

* corte aproximadamente 0,5 da ponta dos talos, sempre em ângulo inclinado .

* retire todas as folhas que ficarem na água, pois elas favorecem a reprodução de bactérias e deixa a água com mal cheiro.

* para aumentar a durabilidade das flores, a cada troca de água, coloque uma colher (de café) de Agua Sanitária, para cada litro d'água.


DICAS DA MARI às quartas, trazendo o melhor das dicas práticas para facilitar o seu dia-à- dia!







terça-feira, 27 de setembro de 2011

Tá na Mesa!
com a Cacá,

Iogurtinho de Morango


Bom Dia!Que bom receber a sua visita!

Que tal prepararmos hoje uma sobremesa?

A receita que tá na mesa  hoje é iogurtinho de morango.

Quem nos enviou: a nossa correspondente Ivone!

Fácil, gostoso e rápido!Tudo o que queremos!Oba!

Nada além de 1 lata de leite condensado, 2 latas de creme de leite ou a medida equivalente em caixinhas (gelado),  1 potinho de iogurte natural e 1 envelope de suco de morango em pó...tudo batido no liquidificador!Pronto!

Deixe gelar antes de servir.

Você pode variar colocando o suco de sua preferência!

Tá na Mesa com a  Cacá às terças, incentivando você a adentrar neste terreno 'cozinha', sem medo! Se você tem alguma dúvida, sugestão, ou quer enviar a sua receita de estimação, este é o lugar!
Se quiser bater um papo, também está no lugar certo!

Boa Terça-Feira!   

  

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Olá, você que nos dá o prazer de sua visita!

Para mim, escrever é um momento de muita alegria, gosto muito de colocar no papel os meus sentimentos, meus pensamentos, minhas emoções, enquanto escrevo reflito e a reflexão me ajuda muito na busca do conhecimento de mim mesma e de todos os que compartilham sua vida comigo.

Boa semana para todos nós!

Cida Lourenção, em:

COTIDIANO

Para você que é jovem, talvez não tenha tido os privilégios que nós, que somos “jovens” há mais tempo, tivemos.
Quando crianças o mundo em que vivíamos era mais calmo, mais tranquilo e lembranças desse tempo bom ainda hoje nos trazem muitas recordações agradáveis e que nos fortalecem na caminhada.
Datas especiais como Pascoa, Natal, Final de Ano (naquele época não se dizia Réveillon) as reuniões eram sempre na casa da vó, ambiente feliz onde tínhamos a oportunidade de encontrar todos os tios,  primos.  Nossa... como demoravam à chegar aqueles dias, o tempo passava tão lentamente que parecia-nos que nunca chegaria.
Brincadeiras ingênuas: Queimada!  Correr na chuva! Chutar a enxurrada! Colocar barquinho de papel pra deslizar na água da calçada! Brincar na lama e ver quem conseguir sair menos lambuzado da brincadeira!  E nossos pais felizes com a nossa alegria apreciavam tudo de longe, existia muita união entre todos. 
Depois de tantas brincadeiras chegávamos à exaustão, daí vinha um banho quentinho, toalha fofa a nos envolver e junto podíamos sentir o calor do carinho dos nossos pais.  Banho tomado, todos corregendo para cozinha onde a vó nos esperava com um copo de leite com canela bem quentinho.   Dormíamos como anjos, como o mundo fosse sempre o quintal da casa da nossa vó.
Tempos modernos, tivemos a chegada de grandes descobertas, avanços incríveis na ciência, na tecnologia.  Todo tempo tem os seus encantos e alegrias.
Chegou a internet, avanço que em nossa simplicidade de crianças criadas com pé no chão, correndo nas ruas, jogando bola meninas x meninos, jamais houvéramos imaginar que um dia chegaria.
E ele chegou!  Hoje nossas crianças são “experts”, dominam todos os aplicativos, conhecem todos os jogos, escrevem através do e-mail, comunicam-se pelo face book, se vêem pelo skipe.
Tudo isso é maravilhoso, o mundo virou o nosso quarto, estamos conectados com todos em questão de segundos. 
Todo tempo é bem vindo e deve ser vivido com a alegria que lhe é peculiar e em proveito de nós mesmos.  Importantes é que encontremos o ponto de equilíbrio, difícil sim, porém não impossível.
Nós outros não poderemos reviver a nossa época com o advento de tantas modernidades, mas podemos mostrar pra os nossos filhos o lado bom que vivemos e incentivá-los a vivenciar essas experiências.
Gostoso se comunicar pelo skipe?  Muito mais gosto falar de perto, olho no olho, sentir a alegria e a emoção da conversa, das risadas.
Prático o face book?  E andar de bicicleta, ir ao cinema, comentar sobre o filme numa roda de amigos?
E-mail encurta as distâncias!  E marcar um passeio com toda a galera?  Visitar um lugar legal!
Somos humanos, ainda precisamos do abraço, do aconchego, da troca de informações faladas de perto, isso nos ajuda muito a nos desembaraçar de nossas dificuldades, ajuda-nos a aprender trabalhar as diferenças, entender que somos todos iguais com necessidades, atitudes, opções diversas, porém todos temos os mesmos objetivos, sermos felizes. Ser feliz: essa grande benção da vida!
Juntar os elos do antes com os de hoje, nos ajudará sermos adultos mais compreensivos e levar aos nossos jovens a alegria das coisas simples, vivenciada em grupo, com amigos. Se conseguirmos, com certeza teremos encontrado o ponto de equilíbrio e harmonia do bem viver.




sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Bom Dia!!!

O que tem hoje?
Hoje tem Cesta de Cultura!

E o que temos em nossas 'Cestas´?
Poesia, Música, Lazer e tudo o que for bacana para indicar à vocês.
Hoje, teremos: Clarice Lispector!
Para quem gosta de sua escrita marcante e seu estilo inconfundível, a Equipe Caderninho sugere a leitura de 'Há Momentos'.
Desejamos à todos vocês uma boa 'Cesta' e um ótimo final de semana!

Há Momentos

Há momentos na vida em que sentimos tanto
 a falta de alguém que o que mais queremos é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser,
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.


Excelente final de semana para todos nós!



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Receitas da Carú

Oiê, pessoal!

Às quintas, eu apareço por aqui com as minhas receitas curiosas recheadas de muita informação, também!

A receita de hoje é boa para cachorro!Ahahahahaha!

Trata-se dos Biscoitinhos para Cachorros!

Primeiro, lembrem-se: façam também uma receita desta para distribuir para muitos cachorrinhos que vocês encontrarão por aí nas ruas, valeu?

Essa é a dica e conto com vocês!

Cookies para Cachorro

1 kg de fubá
1 kg e meio de farinha de trigo
meio kilo de carne moída
água e sal suficiente para cozer  a carne

Cozinhe a carne em água e sal até que se desfaça, misture o fubá, e a farinha à carne. Por fim, junte o caldo em que a carne foi cozida à esta mistura e amasse bem.
Deixe repousar por 30 minutos. Estenda a massa em uma assadeira rasa, corte em quadrados e leve ao forno quente até corarem os biscoitos levemente; quando isto acontecer você tem que retirar os biscoitos rapidamente para não derreterem, tá?
Deixe esfriar, leve ao forno de novo, até  ficarem totalmente secos.

Ah!Quem vai gostar da receita: a Juliana do Blog  judogwalker.wordpress.com/.



Um forte aperto de mão da Carú!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Bom Dia!

Dicas da Mari

Dicas práticas e diversas!
  
* Liberte-se!
Livre-se de todos os objetos, roupas, sapatos, enfeites da casa, etc ....que você já não usa, doando ou vendendo os que estiverem em boas condições. Dê espaço ao NOVO !
* Organize-se.
Coloque cada coisa em seu lugar.
Além de deixar a bagunça em ordem, você perde menos tempo em procurá-las quando precisar.
* Recebendo um presente...
Se você ganhou um presente que não gostou, agradeça gentilmente e jamais comente com alguém que não combina com você !
Se você foi presenteado, entenda que foi um gesto delicado, e a pessoa gastou tempo e dinheiro para comprá-lo!
* Cultive plantas em casa.
No hall, na lavanderia, na sala....
As plantas são fonte de energia e trazem prosperidade, equilíbrio, saúde e paz para as pessoas !



 

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Receitas da Cacá

 Bom Dia!!!

Hoje tem aqui, no Receitas da Cacá, Sopa Cremosa de Espinafre, receita da nossa Correspondente Ivone.
Esta sopa é uma boa pedida prá quem anda abusando dos doces, massas e afins...

Vamos ver como é fácil:

Ingredientes:

1 maço médio de espinafre
1 colher (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 litro de leite desnatado
1 caixinha de creme de leite light
sal a gosto


Preparando...

Limpar e lavar o espinafre, separar somente as folhas e colocá-las numa panela com água. Tampar a panela e levar ao fogo até as folhas murcharem e ficarem macias. Retirar do fogo, espremer as folhas para eliminar o excesso de líquido e picá-las, finalmente. Reservar. Levar ao fogo uma panela com a manteiga e a farinha de trigo e deixar dourar sem parar de mexer. Juntar, aos poucos, o leite e cozinhar por mais 6 minutos, ou até obter um creme não muito encorpado. Misturar o espinafre, o creme de leite e o sal. Assim que ferver, acertar o sal e retirar do fogo.




Bom Dia!!!

 

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

AH!  O AMOR...

por Cida Lourenção

Que não seja eterno enquanto dure, mas que seja infinito e incondicional. 
Falar de amor, palavra pequena que vem carregada de definições tão diferentes, profundas, passageiras, arrebatadoras, intensas, avalassadoras, de pai, de mãe, de filhos, de educadores, de apaixonados, de amantes...
Ficaríamos horas discorrendo sobre o tema sem nunca esgotá-lo tamanha a sua importância em nossas vidas.  Quem sabe pode muito, quem ama pode mais.
Amar é buscar encontrar o momento certo para colocar os nossos sentimentos, saber dizer o não que educa, que eleva, que possa levar o nosso irmão à reflexão de suas reais necessidades.   Dizer não quando necessário e explicar o significado da palavra no exato momento em que ela é pronunciada, impor limites àqueles que foram colocados em nossa vida para fossemos nós os responsáveis pela sua formação moral, ética, cristã.  Da mesma forma como dizemos sim, de incentivo, de acalento, de esperança, de paz, de harmonia, de felicidade pela conquista do outro.
O amor incondicional respeita, entende, ajuda, colabora sem pedir ou esperar retorno, sem fazer exigências, sem cobranças, sem impor sua vontade.  Simplesmente ama e busca compreender.  Caminha junto do ser amado, vibrando alegrias pelas suas conquistas, vibrando amparo quando ele ainda não aprendeu a importância do bem viver a vida.   Bem viver amando e respeitando tudo aquilo que tem e não chorar pelo que não tem.  Trabalhar intimamente seus sentimentos para que eles estejam em harmonia com o universo, com as energias positivas que nos elevam, nos fortalecem e nos dão confiança para seguir adiante.  Sozinhos pouco podemos, juntos unidos por ideais maiores, faremos a diferença.
Amor sem cobiça, sem desejos escusos, amar para sermos felizes conosco mesmos e ter o contentamento pelo sucesso do irmão que segue ao nosso lado.
O amor soma, o desafeto retira.
O amor compreende, a falta dele acusa.
O amor nos faz melhores, sem ele somos infelizes.
O amor nos impulsiona à frente, a ausência dele nos torna mesquinhos.
O amor nos mostra a vida com alegria, sem ele somos como flores sem água.


QUEM AMA
Chico Xavier
Quem ama nada exige.
Perdoa sem traçar condições.
Sabe sacrificar-se pela felicidade alheia.
Renuncia com alegria ao que mais deseja.
Não espera reconhecimento.
Serve sem cansaço.
Apaga-se para que outros brilhem.
Silencia as aflições, ocultando as próprias lágrimas.
Retribui o mal com o bem.
É sempre o mesmo em qualquer situação.
Vive para ser útil aos semelhantes.
Agradece a cruz que leva sobre os ombros.
Fala esclarecendo e ouve compreendendo.
Crê na Verdade e procura ser justo.
Quem ama, qual o samaritano anônimo da parábola do Mestre,
Levanta os caídos da estrada, balsamiza-lhes as chagas,
Abraça-os fraternalmente e segue adiante...

Boa semana para todos nós.



 
 

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Receita da Cacá

Boa Tarde!

Depois das Dicas da Mari, vamos colocar em prática os conhecimentos que adquirimos?

Vamos de Bolo de Banana?




Você pode preparar ainda hoje para o café da tarde ou no fim de semana, de repente.

Você tem aí na sua cozinha:

2 bananas nanicas
2 ovos
5 colheres de sopa de margarina...pode ser light, se preferir
1 xícara de chá de açúcar
1 colher de chá de essência de bauninlha
1 xícara e meia de chá de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento

e aí, você tem tudo?Vamos preparar o bolo, então?

  • Lembrando das Dicas da Mari...unte a forma...a forma, no caso, pode ser a forma de bolo inglês pequena ou média, ou uma forma de furo central pequena, porque o nosso bolo é um bolo pequeno. E não esqueça de aquecer o forno, já!

Amasse bem as bananas com o garfo e reserve.
Na batedeira, margarina e açúcar até obter a consistência de um creme, então junte os ovos um à um,as bananas e a baunilha.
Misture a farinha à massa e por fim, o fermento...lembrando que não é para bater o fermento, hein!
Coloque na forma untada e enfarinhada por mais ou menos 30 minutinhos...mas isso vai depender da potência  do seu forno.

 Com esta receita, desejamos um Ótimo Final de Semana!

Dicas da Mari

Bom Dia!

No 'Dicas da Mari', você fica sabendo os segredinhos das receitas e de outros assuntos, também!

Hoje a dica é sobre o preparo do bolo. Com estas dicas você não terá dificuldade e o seu bolo ficará lindo, além de gostoso!

Vamos lá:



* Acenda o forno  e unte a forma .

* Os bolos crescem mais se forem assados logo após o preparo .
Forno alto ou baixo demais deixam o bolo murchinho ....

* Use os ingredientes em temperatura ambiente .
Ovos, leite e manteiga não devem estar gelados .

* Se a receita pedir claras em neve, bata-as até que fiquem firmes.
Junte ao bolo no final e mexa-as delicadamente com uma colher de pau, ou espátula de silicone.

* Adicione o fermento em pó só no final .
Esse deve ser o último item incluso na massa e mexa delicadamente sem bater.

*  Nunca abra a porta do forno quando estiver no início do cozimento.
Se entrar ar frio no forno, o bolo não cresce.

* Para verificar se o bolo está assado, enfie um palito ou a ponta da faca.
Se o palito ou a faca ficarem sujas, o bolo ainda não está assado .

* Cubra o bolo depois de tirá-lo do forno.
Use um pano seco e coloque-o coberto sobre o fogão.Nunca coloque-o em bancadas frias, porque a mudança brusca de temperatura faz com que ele murche.


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Receita da Cacá

Uma sugestão bem legal para o seu almoço. Rápida e sem complicações...é isso o que queremos, não é?

Strogonoff de Atum

Você vai precisar de:

2 colheres de sopa de cebola ralada
2 colheres de sopa de azeite
3 tomates sem pele e sementes picados
500 ml de creme de leite (pode ser de 'caixinha', tá)
2 latas de atum
sal á gosto
1 colher de sopa de catchup
1 colher de chá de Molho Inglês
1 colher de chá de mostarda

E o que você vai fazer agora?

Dourar a cebola no azeite e depois acrescentar os tomates e deixar desmancharem, então junte o creme  de leite e deixar que reduza a quantidade, mas só um pouquinho. Agora acrescente o atum, o sal o catchup,  molho ingles, a mostarda e deixe aquecer um pouco...Prontinho!
Sirva acompanhado de arroz e batata palha.

Fácil, pessoal!

Bom Dia!

A Equipe Caderninho deseja à todos uma Quinta-Feira maravilhosa!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Receita da Cacá: Pão de Queijo...facinho-facinho!

Boa Tarde, Pessoal!

Pausa para um cafézinho com pão de queijo, muito bom!





Esta receita é fácil e deliciosa!
Vamos lá:

Você vai precisar de:

4 ovos
3 xícaras de chá de  polvilho doce
2 xícaras de chá de queijo ralado
metade de uma xícara (de chá) de leite
a mesma medida de óleo
meio copo de água
uma pitadinha de sal, ou um pouco mais, se preferir

Em um recipiente misture o polvilho e o sal, enquanto isso escaldar a água, o leite e o óleo(assim que abrir fervura tire!) e juntar ao recipiente, misturar com  o auxílio de uma colher, junte os ovos um a um, sem bater e por fim, o queijo ralado. Fácil, não é?
Assim que a misturinha estiver consitente, faça as bolinhas e coloque para assar em forno quente, e  pré-aquecido, por mais ou menos 15 minutos, dependendo da potência do forno.
Prontinho!

Hummm...com um cafézinho...combinação perfeita!
Qualquer dúvida, entre em contato.

VOCÊ É CHIQUE?

por Cida Lourenção

O mundo caminhando para o 3º milênio e muitos ainda não despertaram para o verdadeiro sentido da vida.  Paralelamente a isto, distorcem os reais significados das palavras, atos, posturas, comportamento e atitudes.

Você se sente chique quando empresta o teu corpo para desfilar etiquetas de roupas, sapatos, bolsas, tênis, carros?   Para isto existem vários meios de comunicação: mídia impressa, televisão, rádio, grandes painéis em todas as cidades do país, lembrando ainda que você paga uma nota preta para fazer parte “do que é chique” no momento.

Então você me perguntará: o que é ser chique?   Que roupas usar, como me vestir?

Ser chique é quando você aprende e “apreende” que:
·         Importante é estar vestido adequadamente para cada um dos lugares onde vc estiver;
·         Você seja notado pelas suas palavras, seus pensamentos, sua desenvoltura, sua inteligência, seus atos;
·         Falar baixo além de educado é chique, uma conversa agradável pode ser conduzida sem estardalhaços e risos estridentes;
·         Você consegue angariar muitos ensinamentos com a doçura e a verdade da criança, tanto quanto o fará ouvindo a sabedoria e a experiências vividas por aqueles que são “jovens” há mais tempo que você;
·         Respeitar o outro é um exercício maravilhoso de aprendizado e crescimento;
·         Você pode não entender, nem tão pouco aceitar as diferenças, mas buscar compreender que somos todos diferentes:  você sabia que, assim como as digitais de suas mãos, a íris dos teus olhos são únicas?  Não existem no planeta outras iguais as suas;
·         Todos, independentemente do que somos,  merecem e devem viver da maneira que escolheram e que o faça feliz;
·         Aceitar o outro como ele o é, significa tolerância, cidadania, convivência harmoniosa;
·         A índole de uma pessoa não está nos títulos universitários que ela possua e nem tão pouco nos cifrões que vem à frente de sua conta bancária;
·         A mais humilde das pessoas pode ser um grande professor, pois ele tem o aprendizado das experiências da vida;
·         Respeitar as leis é chiquérrimo.  Se você não concorda com elas, vá à luta, trabalhe para mudá-las, sempre através dos meios legais, ou seja, através da lei;
·         Respeitar filas, seja a trabalho ou a lazer, é regra fundamental de boa convivência entre as pessoas;
·         SER CHIQUE: fazer sempre uso do  respeito, tolerância, compreensão e que todos, inclusive você, merecemos ser felizes.  Uma atitude de boa vontade de sua parte pode fazer a diferença, pode mudar muitas situações.  Não poderemos mudar o mundo, mas poderemos ajudar as pessoas a serem melhores, incluindo nós mesmos.

Blog em fase de experimentação!!!

A Cida Lourenção, escreverá  às segundas no Caderninho de Receitas & Afins, mas hoje em caráter especial, vamos ler um pouco de suas substanciosas palavras. Estamos em fase de construção do Blog, ou melhor, em fase de experimentação...já que nosso Blog é uma delicía de leitura!
Um Bom Dia à todos!
Equipe Caderninho.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Boa noite!

Estaremos aqui, diariamente, com dicas, receitas e mensagens bacanas!

Todos estão convidados a darem uma chegadinha por aqui e enviar comentários, sugestões, ideías e afins...

abraços e até a próxima postagem!

equipe caderninho.